domingo, 18 de novembro de 2012

Capitulo 23


Depois de fazer o check-out, fui buscar a mala e fui até à zona dos táxis, planeava fazer um surpresa ao Afonso, depois de esperar alguns minutos lá consegui um táxi e rapidamente lhe dei a morada de casa.
Reparei que estava realmente realmente com saudades de tudo a aquilo, e só aquele ar de Londres me animou logo. O táxi parou em frente à minha casa, tirou a bagagem e eu paguei-lhe. É agora! Peguei na mala e tirei a chaves - ouviam-se risos e vozes, estavam cá todos, a imagem dele acabou por me vir logo a mente, Harry... - abri a porta e as vozes cessaram para se dar um novo remoinho de palavras à minha volta enquanto era fortemente abraçada por todos, por todos não , houve uma pessoa que ficou ao canto da sala a ver tudo, apenas a sorrir - como eu amava aquele sorriso.
- Porque não disses-te que vinhas teria ido buscar-te? - Afonso
- Porque assim já não era surpresa!
- Estavamos cheios de saudades tuas!! - Louis
- Eu também! Pessoal, importavam-se muito se eu fosse tomar um banho e mudar de roupa?
- Claro que não maninha!
Ao subir não resisti em olhar para ele, ele estava a olhar-me. Fui tomar banho e vestir-me:

EStava a acabar de me arranjar, quando percebi que estavam a discutir lá em baixo e de seguida ouvir a porta a bater. Apressei-me a descer, a rezar para que não tivessem sido ele a sair, mas o meu coração no fundo já sabia, assim que cheguei à sala todos olharam para mim, olhando para a porta e novamente para mim.
Maquiamente peguei nas chaves e sai, podia vê-lo ao fundo, encharcado, tal como eu, até ao momento não me tinha apercebido que começara a chuver. Corri atrás dele, até por fim o apanhar, ele ao se dar conta acabou por parar, olhei para ele, continuavam igual, os seus olhos continuavam tão verdes como sempre, os seus cabelos continuavam encaracolados mas agora molhados da chuva...
- Tinha saudades! - disse
- Eu prometi... - Harry
- Eu sei mas tinha duvidas...
- Eu nunca te deixaria de amar.
- Ainda bem, por eu também não! - e sem que eu tivesse tempo de dizer mais nada ele já tinha encostado os seuas lábios aos meus, e em pouco segndos aprofundamos os beijo. onde colocamos todas as saudades e amor que sentiamos um pelo outro.
Afastei-me um pouco a custo, pois ele recusava-se a deixar-me afastar-
-Harry, e agora o qua contece? Como ficamos?
-Não sei , apenas quero ficar contigo.
-Eu tenho medo e se nós voltarmos a discutir? E se desta vez for pior?
-Joana, pensas demais, apenas deixa as coisas andaram...
-Tens razão, é altura de curtir o momento. Voltamos?
-Não, eles sabem que não vaos voltar...
- Então, onde vamos?
-Para um sítio especial!

Tinha parado de chuver e acabamos por ir até à praia e fomos dar um passeio à beira mar.
- Harry?
-Sim?
-Porque é sais-te de minha casa?
-Porque tinha medo, que não consegui-se aguentar...
-Aguentar?
- Sim, aguentar não te beijar, tinha medo que tu ainda não tivesses perdoado...
-Mas e a discusão?
- Ah! Isso eu comecei a ir para a porta e eles pensaram que eu estava a furgir de ti, o até era verdade, mas não era pelas razões que eles pensavam.
-Devo dizer que isto tudo me parece um filme
- Pois, mais é bem real - dito isto ele abraça-me, beijando-me ternamente.

Fim

Espero que tenham gostado! Comentem!

Kiss <3


1 comentário:

  1. Continua, por favor!
    Amei!
    Podes passar no meu blog e ler ? Obrigada (:

    ResponderEliminar